Contrações falsas, como reconhecer? || #AgoraSouMãe



E aí mamães estou vindo aqui dividir com vocês essa situação chatinha mas necessária que a gente costuma viver na gestação.
 As contrações falsas (de Braxton Hicks) costumam ser bem incômodas, mas não doem. Pelo menos foi o que me disseram, o que eu li, pesquisei e aprendi; e realmente elas não doem, durante um certo período da gestação.

 Eu por exemplo comecei a sentir as contrações de treinamento na 20° semana gestacional e realmente elas não doíam nada, me causavam um baita desconforto, como: barriga muito dura, pele bastante repuxada, muita falta de ar e com isso dificuldade para andar durante as contrações e muito xixi..😂
 Mas a partir da semana 37 eu comecei a ter essas mesmas contrações acompanhadas de dor e isso me confundiu demais quanto as reais contrações já que esse será meu primeiro filho à nascer e nunca havia sentido uma contração de parto real.

Essas contrações mesmo falsas podem doer sim no final da gestação, quando está mais próximo do nascimento, então aqui vai algumas dicas de como reconhecê-las..

Dica 1: Contrações falsas não são ritmadas, elas podem vir durante todo o dia ou apenas algumas vezes mas nunca marcam um espaçamento continuo.

Dica 2: Contrações falsas podem aumentar a dor a cada contração, mas vez ou outra elas vem mais fraca.

Dica 3: Contrações falsas normalmente causam, cólicas na pélvis e lombar enquanto que as verdadeiras costumam ser no alto do útero causando forte pressão na vagina.

 Então é isso meninas, espero ter ajudado vocês para que não deem viagens perdidas a maternidade como eu..😂


Observação sobre as contrações:
As contrações de Braxton Hicks ou falso trabalho de parto são falsas contrações de parto, descritas pela primeira vez em 1872 pelo ginecologista inglês John Braxton Hicks.
Essas contrações (falso trabalho de parto) começam a acontecer por volta da vigésima semana de gestação, e apesar de serem indolores elas podem ser desconfortáveis

Nenhum comentário:

Postar um comentário