Quem é você?


Hoje queria falar com vocês sobre uma pergunta que nos fazemos e nos fazem desde que começamos a ter consciência do que é o mundo, do que fazemos e de nossas decisões.

A pergunta quem é você começa bem cedo, mas e a resposta pra essa pergunta, quando chega ?
Não importa o quão cedo a pergunta seja feita a resposta sempre demora.

Afinal são tantas as coisas que temos que levar em consideração, são tantos detalhes a nossa volta. Temos nossos pais, nossos amigos, a escola, religião a sociedade, todas essas coisas se envolvem na definição de quem sou eu, quem é você. Mas e se talvez desde cedo nós entendêssemos que não são essas as coisas que nos fazem ser quem somos e sim as coisas que escolhemos ser é que faz ?
Talvez assim encontrássemos bem mais cedo a resposta de quem somos, afinal o que definiria isso seria nossos próprios gostos. É certo que coisas como regras e certo ou errado ainda te definiriam, sem isso não haveria bem e mal, mas com certeza não ficaríamos tão perdidos e indefinidos por tanto tempo.

Então quando você pensar ou te perguntarem quem é você não pense nos padrões, olhe pra dentro de você então achará a resposta o mais breve possível..

Sua autora: Lýlly Alves